Ejaculação retrógrada – O que é

A ejaculação retrógrada ocorre quando o sêmen entra na bexiga em vez de deixar o pênis durante a ejaculação. A ejaculação retrógrada não é prejudicial, mas pode prejudicar a fertilidade, uma vez que afeta a entrega de espermatozoides na vagina durante a relação sexual. A condição é relativamente incomum, representando apenas 0,3% – 2% dos problemas de fertilidade masculina.

Durante a ejaculação normal, os músculos internos, chamados de esfíncteres, fecham a abertura da bexiga para evitar que o sêmen penetre na uretra. Na ejaculação retrógrada, a abertura da bexiga não se fecha adequadamente e é permitido que algum ou todo o sêmen entre na bexiga, em vez de ser ejetado pela ponta do pênis. Como resultado, o sêmen se mistura com a urina na bexiga e deixa o corpo durante a micção normal, sem prejudicar a bexiga.

A ejaculação retrógrada não interfere na capacidade de um homem ter uma ereção ou um orgasmo. Os homens geralmente começam a perceber que têm ejaculação retrógrada quando surgem problemas de fertilidade. Um sinal comum que indica a ejaculação retrógrada é se a urina de um homem parece turva após o clímax sexual.

A ejaculação retrógrada pode ocorrer parcialmente ou completamente. Homens com ejaculação retrógrada incompleta podem notar uma diminuição no sêmen que sai durante a ejaculação. A ejaculação retrógrada completa também pode ser chamada de orgasmo seco ou ejaculação a seco, pois há orgasmo sem a descarga do sêmen. O orgasmo seco não é exclusivo da ejaculação retrógrada, já que o orgasmo seco também pode ser causado por outros problemas ejaculatórios. Por exemplo, os orgasmos secos podem ser causados ​​pela falta de produção de sêmen resultante de danos físicos e, portanto, a ejaculação seca sozinha não é uma indicação clara da ejaculação retrógrada.

Para conhecer um estimulante, experimente este:

Visite: https://www.treinart.com.br/como-nao-gozar-rapido/

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *